#MENOS TELAS #MAIS SAÚDE

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) produziu em 2016 o primeiro documento sobre Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital a respeito das demandas das tecnologias da informação e comunicação (TICs), redes sociais e Internet, com recomendações para pediatras, pais e educadores na era digital, que teve impacto positivo em múltiplas palestras, eventos e […]

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) produziu em 2016 o primeiro documento sobre Saúde de Crianças e Adolescentes na Era Digital a respeito das demandas das tecnologias da informação e comunicação (TICs), redes sociais e Internet, com recomendações para pediatras, pais e educadores na era digital, que teve impacto positivo em múltiplas palestras, eventos e entrevistas nas mídias. A seguir, o alerta sobre a criança menor de 3 anos e o mundo digital e a prevenção da intoxicação digital com mais recomendações e materiais de apoio no documento sobre os Benefícios da Natureza no Desenvolvimento de Crianças e Adolescentes em 2019. A aceleração das redes sociais pela Internet com a multiplicação do acesso aos vários aplicativos e jogos online direcionados às crianças e adolescentes, requer cada vez mais o alerta e a atenção de todos que lidam com as tarefas de responsabilidade dos cuidados de saúde durante a infância e a adolescência, principalmente dos pediatras.

Leia o documento completo na íntegra.

 

Fonte: https://www.sbp.com.br/imprensa/detalhe/nid/menos-telas-mais-saude/

 

Compartilhar:
FacebookTwitterWhatsAppEmail
Postado por Origgami

Pediatria do Desenvolvimento

A Pediatria do Desenvolvimento ou Pediatria do Neurodesenvolvimento é um ramo da pediatria que se dedica à avaliação e vigilância do desenvolvimento das crianças no sentido de prevenir ou diagnosticar as suas perturbações, de investigar as suas causas e de estabelecer planos de intervenção.

Sarampo: tudo o que você precisa saber

Em 2016, o Brasil recebeu o certificado de eliminação do Sarampo. Infelizmente, desde 2017, com a reintrodução do vírus na região Norte do país, foram, mais de 10.000 casos registrados em 2018 e esse ano o sarampo continua a causar surtos, principalmente no Sudeste. O motivo de tamanho retrocesso se deve principalmente às baixas coberturas […]

Fabiane Durão