Pediatria no pré-natal: pode isso?

A regra é clara: não só pode como DEVE! ⠀ A inserção do pediatra no pré-natal representa uma grande oportunidade de antecipação de riscos e um dos pilares da tríade para redução da morbimortalidade neonatal, juntamente com a assistência ao recém-nascido em sala de parto e a consulta pós-natal dentro da primeira semana de vida. […]

A regra é clara: não só pode como DEVE!

A inserção do pediatra no pré-natal representa uma grande oportunidade de antecipação de riscos e um dos pilares da tríade para redução da morbimortalidade neonatal, juntamente com a assistência ao recém-nascido em sala de parto e a consulta pós-natal dentro da primeira semana de vida.

Infelizmente, ainda é baixo o número de consultas pediátricas no pré-natal, mas aos poucos o cenário vem mudando – temos que seguir trabalhando em prol disso.

Particularmente, tenho levantado bastante a bandeira da inserção do pediatra no terceiro trimestre do pré-natal, isso porque vejo na prática que o entendimento é mais fácil e também é mais fácil a abordagem de assuntos mais complicados.

E aí, a regra é clara para você também?

Compartilhar:
FacebookTwitterWhatsAppEmail
Postado por Origgami

Mãozinhas em ação

  A psicopedagoga Isa Minatel, autora do “Manhã sem Limites” no Youtube, acredita que é importante tirar as crianças da sala e do quarto e botá-las em atividades onde a vida da casa acontece, como no banheiro, na cozinha, na área de serviço e no quintal. Veja algumas sugestões. Na cozinha Com a sua ajuda, […]

“Dra. Fabi, não sou gestante. Posso amamentar?”

Você sabia que uma mulher que não passou pelo processo de gestação pode amamentar? Pois sim, é verdade! Por exemplo: uma mulher que passou por um processo de adoção pode amamentar o bebê. Outro exemplo é uma mulher que se relaciona com uma parceira e não foi a parceira a responsável pela gestação. Existem essas […]