Mãozinhas em ação

  A psicopedagoga Isa Minatel, autora do “Manhã sem Limites” no Youtube, acredita que é importante tirar as crianças da sala e do quarto e botá-las em atividades onde a vida da casa acontece, como no banheiro, na cozinha, na área de serviço e no quintal. Veja algumas sugestões. Na cozinha Com a sua ajuda, […]

 

A psicopedagoga Isa Minatel, autora do “Manhã sem Limites” no Youtube, acredita que é importante tirar as crianças da sala e do quarto e botá-las em atividades onde a vida da casa acontece, como no banheiro, na cozinha, na área de serviço e no quintal. Veja algumas sugestões.

Na cozinha

Com a sua ajuda, a criança pode fazer receitas, lavar a louça ou explorar o conteúdo dos armários. Existe até uma torre de aprendizagem que pode facilitar o acesso da criança à pia, às bancadas e às mesas altas. Os pequenos são mais capazes do que imaginamos e se sentem muito felizes em poder agir.

Atenção ao fogo

Quando a criança sente curiosidade sobre o fogo e nós simplesmente a afastamos dizendo ser perigoso, a curiosidade dela só aumenta. Se deixarmos a criança explorar o fogo junto conosco, explicando os riscos e mostrando os perigos, a curiosidade é atendida e a criança fica muito mais preparada para as situações de risco, se houver.

Brinquedo descartável

Damos o brinquedo para a criança e ela brinca com a caixa. Damos outro e ela quer duas chaves. Outro brinquedo e ela prefere o seu celular. O método Montessori diz que criança só fica muito com um brinquedo quando não tem a oportunidade de atuar na vida real. Ou seja, com os objetos que usamos normalmente. Aquelas que são mais livres para atuar em casa às vezes nem ligam muito para os brinquedos.

Banheiro não é banho

Pode ser para lavar os azulejos, o box e o chão. Convide sua criança para uma atividade, mostre como se faz, fale o mínimo necessário e marque o tempo. Você vai comprovar que aquela conversa que “criança não tem muito poder de concentração” não passa de uma crença.

Área de serviço

As cores dos produtos de limpeza chamam muito a atenção. Quando as crianças descobrem que têm cheiro, então… amam! Se as mantivermos afastadas, elas podem ir escondidas e acabar levando à boca, aumentando as estatísticas dos acidentes domésticos. Se mostrarmos a elas como se faz, botando um pouco de desinfetante num pano e passando no chão, elas vão adorar e aprender muito! Mas sempre com supervisão.

Lavar e limpar

Atividades sensoriais são sempre bem-vindas, pois estimulam os sentidos e contribuem para o pleno desenvolvimento do cérebro da criança. Toda atividade de limpeza doméstica é uma atividade sensorial.

Ela se cuida

Confie na competência da sua criança para pentear o próprio cabelo, lavar o rosto, escovar os dentes. Afereça sua ajuda, claro, mas deixe a criança cuidar de si mesma. Assim ela aprende sobre autoestima, autocuidado, autorrespeito e ainda desenvolve a coordenação motora. Pensando no desenvolvimento da criança, maais vale o meio penteado feito por ela mesma do que o penteado lindo feito pelo adulto.

Móveis são ótimos

Junte duas cadeira, ponha um lençol por cima e você terá a melhor cabana de todos os tempos! Cabana para ler e inventar histórias, cabana para teatro e esconderijo, cabana do abraço e do chamego, cabana para se acalmar quando fica nervoso.

Animais de estimação

Cuidar de animais de estimação é outra atividade maravilhosa para as crianças. Elas amam e são amadas, enquanto aprendem sobre responsabilidades e deveres. Cuidar de animais traz lições para a vida toda.

Lavar roupa

Bote um varal baixinho e peça ajuda à sua criança para estender a roupa. De novo: mostre como se faz, fale pouco ou nada, e observe muito. Eles são extremamente capazes de coisas aparentemente muito difíceis. Ajude quando necessário. E faça as adaptações de segurança para a faixa etária, se julgar necessário.

 

Referência: Ana carolina Diniz

Compartilhar:
FacebookTwitterWhatsAppEmail
Postado por Origgami

Coisas para se atentar ao escolher a creche

  Janeiro é verão, mês de férias, mas também tem lista de material escolar e, para muitos pais, a escolha de uma creche. Que nós adultos sofremos mais do que as crianças, isso é fato! Mas, para não sofrermos tanto, temos que escolher uma creche bem legal, afinal é lá que vamos deixar o nosso […]

COVID-19: PAIS E FILHOS EM ISOLAMENTO DURANTE A PANDEMIA

Diante da pandemia do COVID-19, a rotina das famílias mudou substancialmente! Os pais trabalhando em casa em home office, as crianças sem ir à escola, os afazeres domésticos, isto tudo tem gerado muito estresse nos pais que não podem pedir ajuda aos avós neste momento de reclusão domiciliar. Esse estresse é tóxico e pode causar transtornos do […]